Rollemberg e Caesb reduzem tempo de atendimento à população em 40%

O governador Rollemberg e a diretoria da Caesb, Maurício Luduvice, tomaram a absurda decisão de reduzir em 40% o horário de atendimento ao público na Companhia. Desde o dia 2 de julho, os escritórios funcionam apenas das 11h às 17h, e não mais das 8h às 18h.

Seguindo a linha antidemocrática e irresponsável deste governo, a determinação da direção da Caesb ocorreu de forma autoritária e sem nenhum diálogo com a população e os trabalhadores. Também não levou em conta que os postos do Na Hora só atendem os serviços de baixa complexidade e que o atendimento virtual não contempla a realidade e as necessidades de todos os usuários, muitos ainda sem acesso à internet.

Continue lendo “Rollemberg e Caesb reduzem tempo de atendimento à população em 40%”

NOTA DE DENÚNCIA À POPULAÇÃO E À IMPRENSA

A direção da Caesb e o Governo Rollemberg tomaram a absurda decisão de reduzir em 40% o horário de atendimento ao público na Companhia, a partir do dia 02/07/2018, passando do atual horário – 8h às 18h – para 11h às 17h apenas.

Seguindo a linha antidemocrática e irresponsável deste Governo, a determinação da direção da Caesb ocorreu de forma autoritária e sem nenhum diálogo com a população e os trabalhadores.

O Sindicato destaca que a direção da Caesb está promovendo um programa de demissão voluntária, com a previsão de desligamento de 500 trabalhadores da Empresa até janeiro de 2018, sem a contrapartida de um plano de reposição por meio de concurso público.

Os trabalhadores da Companhia são veementemente contrários à redução no horário de atendimento, medida autoritária que visa, sobretudo, prejudicar a população e a imagem da própria Caesb como Empresa pública.

Defendemos que a direção da Caesb e o GDF voltem atrás nessa decisão absurda e mantenham o atual horário de atendimento, das 8h às 18h e façam a recomposição da força de trabalho.

DIRETORIA COLEGIADA